quarta-feira, 8 de março de 2017

OS GOONIES, James Kahn


Jamais trairei meus amigos das Docas Goon,
Juntos ficaremos até o mundo inteiro acabar,
No céu e no inferno e na guerra nuclear,
Grudados feito piche, como bons amigos iremos ficar,
No campo ou na cidade, na floresta, onde for,
Eu me declaro um companheiro Goony
Para sempre, sem temor.
- O JURAMENTO GOONY-


  O livro é uma adaptação do filme Os Goonies ( The Goonies,1985), produzido por Steven Spielberg e dirigido por Richard Donner. James Khan, escritor, é conhecido pela novelização de Star Wars Episódio VI: O Retorno do Jedi e outras adaptações como : Poltergeist e Indiana Jones e o Templo da Perdição. 
  A obra é escrita em primeira pessoa, na perspectiva de Mikey Walsh. Mikey é quem encontra o mapa do tesouro de Willy Caolho, mas antes de falar de perigo e aventura vamos conhecer Os Gonnies: 
Bocão, o palhaço. Bobo, gosta de brincar com rimas, rir dos amigos e tem facilidade com línguas. É aquele amigo que faz as piadas nas horas erradas, piadas inconvenientes. Tagarela e boca suja.
Mikey. Líder do grupo. Usa aparelho e tem asma. Embora não se considere corajoso, é obstinado. O seu negócio é a AVENTURA!
Gordo, o loroteiro. SEMPRE atrapalhado, vive quebrando uma coisa aqui, outra ali e seus amigos sabem usar isso a favor do grupo. Gordo durante o livro é conduzido a quebrar um trinco, dentre outras coisas. Loroteiro? Sim, o carinha tem um talento para aumentar histórias e inventar algumas (ou várias).
Dado (Ricky Wang), o gênio. Pequeno gênio. Sempre tem uma engenhoca saindo do seu casaco, desde ventosas a bonecos de ação e outras coisas surpreendentes. Nem todas funcionam direito, mas esse carinha sabe inventar! Tem facilidade com computadores e eletrônicos
Gordo, Mikey, Bocão e Dado - respectivamente.

Tudo começa quando o grupo se tranca no sótão da casa de Mikey. Seu pai trabalha no museu da cidade e algumas obras de arte acabaram ficando em sua casa durante uma reforma ou arrumação do museu e ainda não voltaram para ele. Os amigos descobrem em meio as poeiras e velharias, um mapa que parece levar a algum tipo de tesouro. O tesouro do pirata Willy Caolho. E eles PRECISAM desse tesouro para salvar suas casas. Por que? Para comprar suas próprias hipotecas e impedir que seja construído um campo de golf sobre seus lares. Começa então a caça ao tesouro, iniciando-se no sábado e terminando na madrugada de domingo para segunda.

 Mas existe um elemento surpresa: Os Fratelli. Uma família de bandidos armados que escaparam da prisão e estão escondidos no Restaurante Salão do Farol, onde a trilha começa. A família é formada por Mama, Francis, Jake (os três criminosos) e Sloth, a Coisa. Sloth, como as crianças descrevem, é um monstro sinistro, com a cara toda deformada e não fala muito bem, é muito inocente. Sua família o trata como aberração de circo, ou melhor, maltrata e isso nos revolta um pouco na história. Mas ele vai ter um papel fundamental no desfecho da aventura.

Eu achei o livro previsível, já no primeiro capítulo eu soube o que iria acontecer (Caça ao tesouro, os Fratelli no caminho, a compra das hipotecas no final...), mas me interessou muito COMO essas coisas aconteceriam, o enredo. No grupo todas as personalidades são diferentes, mas se combinam, se encaixam umas nas outras, talvez porque seja sobre isso também: Amizade. Eles embarcam nessa juntos não só porque precisam, mas porque seria, hipoteticamente, sua última aventura juntos e um confia no outro. Podem não levar o tesouro, mas estão fazendo algo grandioso juntos. Nessa aventura, se envolvem também o irmão de Mikey, o Brand, mais velho, e mais duas garotas: Stef e Andy. Agora eles são sete.

Mikey sente durante toda a aventura, como se o próprio Willy o deixasse encontrar o tesouro, talvez porque eles precisassem, talvez pela aventura. E uma prova disso é um trecho do epílogo: 
"Então, o que eu queria dizer é, se você tentar pegar coisas que pertencem a outra pessoa, não vai obter o que pensou que estava pegando, vai acabar obtendo apenas o que deve obter.
 Mas se você pegar o que alguém está tentando lhe dar enquanto você pedia pelo que imaginava querer, você acaba recebendo muito mais do que pudesse imaginar.
 Foi o que aprendi com o Willy." (pág.237)

E algumas coisas engraçadas e esquisitas acontecem no subterrâneo, como esqueleto segurar um objeto de volta.Não parece sobrenatural, embora talvez seja e isso explicaria o sentimento de Mikey, que Willy os guiava, pareceu mais cômico que assustador.
 O livro é todo engraçado e cheio de expectativas. Te prende do início ao fim. Também tem o fato de que cada marcação de capítulo é uma prévia do que vai acontecer, e você mesmo sabendo o que vai acontecer, pode não ser da forma que imaginou, e as vezes esse "spoilerzinho" te prega uma peça ;)

Eu nunca tinha ouvido falar do filme até ter o livro em mãos e ainda não o assisti, mas espero assistir em breve. Meu primeiro contato com Os Gonnies também não foi com o livro e sim, acreditem, um videoclipe da Cindy Lauper, Good Enough. Essa mulher foi, naquela época, uma espécie de Melanie Martinez, comparando aos dias atuais (pelo menos é o que eu acho como fã de ambas). Confira:














26 comentários:

  1. Queria saber escrever uma resenha tão bem quanto você! ♥️
    Mds, eu necessito ler esse livro!
    Muito mesmo ♥️

    ResponderExcluir
  2. Eu fico chocado com as capacidades das pessoas de adaptar conteúdos entre mídias. Não sei quão positivo é isso.

    ResponderExcluir
  3. Quanto talento de escrita <3
    Já quero.

    ResponderExcluir
  4. Espere aí, o livro é que é adaptação do filme? :o Será ignorância minha por achar que nunca conheci nenhum caso desses?
    Não conhecia nem um nem o outro, mas acho que vou procurar o filme, pois gosto muito de ler mas não sei se nessa temática irei gostar...
    Obrigada pela dica! Beijos

    Pseudo Psicologia Barata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bea! Sim, esse livro é uma adaptação...existem alguns filmes e games que ganham uma versão literária. Vale a pena conferi-los ;)

      Excluir
  5. Nunca ouvi falar nem do livro, nem do filme, nem do clipe. Mas adorei a resenha <3

    ResponderExcluir
  6. Apesar de não conhecer este livro, eu adorei a forma em que você falou dele. Ótima resenha!
    Pela capa confesso que não leria, mas pela sua escrita ele já vai para a lista de leituras.
    Beijos
    Cássia Pires

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Cassia, essa capa é d versão "econômica" da Darkside, ainda tem outra em capa dura..fico feliz que tenha curtido a resenha e considere lê-lo :D

      Excluir
  7. Resenha perfeita! Amo esses livros que começam em porões rsrs, eu gostaria de ler. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siim, são cheios de mistério e aventura. E obrigada! :)

      Excluir
  8. Amo Os Goonies, tanto o livro quanto o filme, fizeram parte da minha infância. Adorei a resenha e obrigada por me lembrar dessa música da Cyndi Lauper, rs

    ResponderExcluir
  9. Oi Eduarda, tudo bem?

    Ainda não conhecia, nem o filme e nem o livro, mas fiquei muito curiosa com a obra. O livro parece ser incrível e tem uma mistura perfeita entre o susense e o mistério. Os personagens parecem que cativam e também trazem um pouco do cômico, seja pelas suas trapalhadas ou por suas diferenças. Gostei bastante da sua resenha e fiquei com vontade de ler agorinha o livro. Parabéns!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice, td ótimo!
      Sim, o livro é muito bom, tem um espírito de filme dos anos 80 e 90 da sessão da tarde, uma coisa Stranger Things muito gostosa de ler (aliás, os atores de ST assistiram a esse filme, entre outros para se prepararem) ;)

      Excluir
  10. Ja vi esse filme e é realmente muito massa!! Deu vontade de ler o livro!! deve ter muito mais desdobramentos de aventuras que no filme! vc escreve muito bem! Parabens pelo post! Bjo Thata

    ResponderExcluir
  11. Me pareceu bastante interessante pela maneira como vc descreveu o livro, mesmo não sendo o meu gênero favorito. Parabéns pela resenha, ficou ótima.

    ResponderExcluir
  12. Embora eu não curta nada star wars, adorei o seu post, você descreveu super bem, como tenho ranço ficarei só com essa informação, mas tenho certeza que vai despertar o interesse de muitos ainda, beijocas!!

    ResponderExcluir